Porto Alegre, 14 de Dezembro de 2017

Conversa com Jesus

O que é vocação?
“A outro disse: Segue-me. Mas ele pediu: Senhor, permite-me ir primeiro enterrar meu pai. Mas Jesus disse-lhe: Deixa que os mortos enterrem seus mortos; tu, vai e anuncia o Reino de Deus” Lc 9, 59-60

Senhor, o que é o mais importante na vocação do padre?
“Jesus, porém, os chamou e lhes disse: Sabeis que os chefes das nações as subjugam, e que os grandes as governam com autoridade. Não sejais assim entre vós. Todo aquele que quiser tornar-se grande entre vós, se faça vosso servo. E o que quiser tornar-se entre vós o primeiro, se faça vosso escravo. Como o filho do Homem veio, não para ser servido, mas para servir e dar sua vida em resgate de muitos”. Mt 20, 25-28

Que nos dizes para que este mais importante seja real e vivido entre nós?
“Em seguida disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me. Porque aquele que quiser salvar a sua vida, vai perde-la, mas aquele que tiver sacrificado sua vida por minha causa, vai ganha-la. Que servirá a um homem ganhar o mundo inteiro, se vem a perder a sua vida? Ou que dará um homem em troca de sua vida?” Mt 16, 24-26

Quando estivestes conosco, quais foram as tuas alegrias vocacionais?
“Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus, que estava sentado no posto do pagamento das taxas. Disse-lhe: Segue-me. O homem levantou-se e o seguiu.” Mt 9, 9
“Passando ao longo do mar da Galileia, viu Simão e André, seu irmão, que lançavam as redes ao mar, pois eram pescadores. Jesus disse-lhes: Vinde após mim, eu vos farei pescadores de homens. Eles no mesmo instante deixaram as redes e o seguiram. Indo um pouco mais adiante viu Tiago, filho de Zebedeu e João seu irmãos, preparando as suas redes. Logo os chamou, e eles o seguiram deixando seu Pai Zebedeu, com seus empregados.” Mc 1, 16-20

Como enviado do Pai, o que mais te fez sofrer?
“Não espero a minha glória dos homens, mas sei que não tendes em vós o amor de Deus. Vim em nome de meu Pai, mas não me recebeis. Se vier outro em seu próprio nome, haveis de recebe-lo...” Jo 41-43
“Aproximando-se ainda mais, Jesus contemplou Jerusalém e chorou sobre ela dizendo: Oh! Se também tu, ao menos neste dia que é te dado, conhecesses o que te pode trazer a paz!... Mas não, isso esta oculto a teus olhos.” Lc 19, 41-42

Porque tua Mãe Maria é um grande modelo de vocação para nós?
“Aconteceu que, enquanto Ele dizia estas palavras, uma mulher, levantando a voz do meio da multidão, disse-lhe: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os seios que te amamentaram. Porém, Jesus Respondeu: Bem-aventurados antes os que ouvem a Palavra de Deus e a põe em prática.” Lc 11, 27-28

Qual a recompensa aos que te seguem?
“Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós.” Mt 5, 11-12

Para termos mais sacerdotes, como os teus apóstolos, o que devemos fazer?
“Dou-vos um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos tenho amado, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos ameis uns aos outros.” Jo 13, 34-35
“Vendo a multidão, ficou tomado de compaixão, porque estava enfraquecida e abatida como ovelha sem pastor. Disse, então, aos discípulos: A messe é grande, mas os operários são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da messe, que envie operários para a vossa messe.” Mt 9, 36-37
“Em verdade, em verdade vos digo: Quem recebe aquele que eu enviei, recebe-me a mim, e quem me recebe Aquele que me enviou”. Jo 13, 20