Porto Alegre, 17 de Outubro de 2018

Papa Francisco escreve às crianças doentes que peregrinam a Lourdes

Numa carta por ocasião da X Peregrinação das Crianças em Missão de Paz, o Santo Padre nos convida a rezar pelos pequenos migrantes que embarcam nas viagens da esperança

Por ocasião da Peregrinação Nacional da Unitalsi, o papa Francisco escreveu uma carta às crianças doentes presentes em Lourdes nestes dias. A ideia nasceu da carta de Damiano, um romano de 8 anos de idade que havia pedido ao Santo Padre uma mensagem de vídeo. O papa respondeu com uma carta, estendida a todos os pequenos peregrinos que, em Lourdes, "aos pés de Maria", pedirão a sua "proteção".

"Estou contente com esta viagem de vocês, incentivada pela Unitalsi, e quero lhes dizer que os acompanho com a oração: sintam-me espiritualmente próximo de cada um de vocês, especialmente dos pequenos doentes", escreve o papa. "Contem com toda a confiança para a Virgem Maria e para o seu Filho Jesus as suas expectativas, as suas esperanças, as suas alegrias e os seus sofrimentos, e confiem na ajuda do Senhor e no apoio de Maria".

"Que a sua missão seja ao mesmo tempo de oração e de testemunho: mostrem para os adultos que as crianças são capazes de rezar, de amar Jesus, o amigo que nunca trai; de ajudar uns aos outros, de esperar um futuro melhor".

Francisco pediu ainda que as crianças rezem por ele e os abençoou. A carta será lida hoje em Lourdes, após a grande procissão eucarística ao santuário francês por ocasião da X Peregrinação das Crianças em Missão de Paz.