Porto Alegre, 19 de Outubro de 2018

Papa aos jornalistas no voo para o Equador: "Obrigado pelo trabalho que vocês farão"

75 jornalistas de diferentes línguas e nacionalidades a bordo do voo papal

Durante o voo de 13 horas da Itália ao Equador, o Papa Francisco reservou alguns minutos para saudar os 75 jornalistas de várias nacionalidades que estavam a bordo. O Papa foi introduzido pelo Padre Federico Lombardi, diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, que disse: "Aqui estamos Santo Padre. Novamente no ar com eles, para esta emocionante viagem ao seu continente e na sua própria língua, porque eu acredito que se falará em espanhol nestes próximos dias".

Em seguida, o porta-voz do Vaticano apresentou os “75 colegas que estavam juntos para acompanhar, momento a momento, tudo o que o senhor vai fazer, e contar o que o senhor vai dizer". Foram mais de 100 pedidos para estar presente no voo durante esta viagem - continuou ele -  com apenas 75 lugares, tivemos que fazer uma seleção um pouco severa. Os outros, porém, estão esperando no Equador, Bolívia e Paraguai, juntamente com centenas de jornalistas. Ouvi falar de 800 -1000 que já estão presentes em vários locais".

"Nós - disse Lombardi – agradecemos por nos levar com o senhor e esperamos fazer um bom serviço para anunciar a alegria do Evangelho, que é um pouco "o tema desta viagem, bem como o de seu pontificado".

Bergoglio respondeu desejando a todos os jornalistas "uma boa viagem". E disse: “Obrigado pelo trabalho que vocês farão, que é um trabalho muito árduo, mas que pode fazer muito bem, para noticiar o que acontece durante a viagem. Obrigado por tudo, nos veremos nestes oito dias”.