Porto Alegre, 15 de Agosto de 2018

Morre o bispo de Paranaguá, dom João Alves dos Santos


A diocese de Paranaguá (PR) comunicou, na manhã de hoje, 09, o falecimento do bispo diocesano, dom Frei João Alves dos Santos, aos 58 anos. Ele estava internado no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, com complicações de saúde, e veio a óbito por falência múltipla de órgãos.

O corpo de dom João está sendo velado até às 14h na igreja da Imaculada Conceição, sede da Província do Frades Menores Capuchinhos, na cidade de São Paulo. Em seguida, o corpo seguirá para a catedral diocesana de Nossa Senhora do Rosário, em Paranaguá (PR), onde deve ser velado durante a sexta e o sábado, dias 10 e 11. No sábado, haverá celebração das exéquias, às 16h, e em seguida, o sepultamento ocorrerá na Cripta da Catedral Diocesana.

Em nota, a presidência do Regional Sul 2 da CNBB agradeceu pela vida e missão de dom João Alves e por sua trajetória na diocese de Paranaguá, onde esteve por mais de oito anos. “Dom João Alves, seguindo as pegadas do Bom Pastor, doou sua vida pelo povo, mostrou-se incansável, dedicando-se, sobretudo ao mais pobres e na construção da comunhão junto aos bispos”, manifestou o Regional.

Aquele que serve
Dom João Alves, 58 anos, era natural de Alto Alegre (SP). Ingressou na Ordem dos Franciscanos Capuchinhos em dezembro de 1976, fez a primeira profissão religiosa no dia 1º de janeiro de 1978 e os votos perpétuos em abril de 1982. Estudou Filosofia e Teologia no Seminário de São Francisco, em Nova Veneza (SP), além de cursos de especialização em espiritualidade, na Argentina. Foi ordenado presbítero, no dia 04 de dezembro de 1982.

Durante sua trajetória no sacerdócio, exerceu funções de vigário paroquial na arquidiocese de Campinas (SP), superior da comunidade local, promotor e definidor vocacional, formador e professor na província dos Capuchinhos. Em 02 de agosto de 2006, foi nomeado bispo pelo papa Bento XVI. Escolheu como lema de seu episcopado “Como aquele que serve”.  Estava como bispo de Paranaguá desde 2006.

Na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom João ocupava cargo de bispo referencial da Pastoral Afro-brasileira, e no Regional Sul 2, referencial da Pastoral Carcerária.

CNBB com informações e foto da diocese de Paranaguá.