Porto Alegre, 11 de Dezembro de 2019

A oração levanta o mundo

Um sábio disse:

"Dai-me uma alavanca, um ponto de apoio, e levantarei o mundo". O que Arquimedes não pôde obter, porque o seu pedido não se dirigia a Deus, e por não ser feito senão sob o ponto de vista material, os Santos obtiveram-no em toda a plenitude: o Todo-poderoso deu-lhes, como ponto de apoio: Ele mesmo e Ele só; e como alavanca: a oração, que abrasa com fogo de amor. E foi assim que levantaram o mundo; é assim que os santos que ainda militam na terra o levantam, e que, até ao fim do mundo, os futuros santos o levantarão também.

História de uma Alma, Ms C 36rº-vº