Porto Alegre, 01 de Outubro de 2020

A missão do Grupo de Oração Teresiana

Vocação e missão andam juntas. Ao viver nos GOTs a oração como uma vocação, brota nas pessoas, como consequência, a consciência de ter uma missão. Evangelizamos na medida em que oramos. A partir desta consciência de missão, rechaça-se uma oração individualista, fechada na pessoa e nos grupos, à margem da sociedade em que toca a cada um viver. Conscientes de que "o olhar de Deus é amar" (Cântico 19,6; 31,8), aprendemos a olhar a realidade do mundo com "os olhos de Deus", com um olhar amoroso e acolhedor, sem preconceitos nem julgamentos, perscrutando os sinais dos tempos e levando-os à luz do Evangelho.

A vivência da oração nos torna pouco a pouco sensíveis às realidade de nosso mundo: a paz, a ecologia, a justiça, o ecumenismo. A amizade com Deus deixa em nós, como fruto, um desejo de cuidar da imagem de tantos rostos deformados e humilhados.

A missão dos GOTs é orar, colocando como Maria, o mundo nas mãos de Deus. Orando damos resposta às necessidades que hoje tem a humanidade; unidos aos que trabalham por ela com outros dons, colaboramos todos juntos ao serviço da vida.

Outras tarefas relacionadas com a missão dos GOTs são: fomentar escolas e espaços de oração que respondam à sede de Deus que se sente e se percebe hoje, formar leigos para ser agentes da pastoral da espiritualidade, criar outros grupos de oração...