Porto Alegre, 14 de Dezembro de 2017

Qual a diferença entre frei e padre?

Uma pergunta que com frequência surge quando participamos de paróquias de religiosos ou atendidas por eles e de paróquias de padres seculares ou diocesanos.


Padre, vem do termo latino Pater que quer dizer pai. Um título dado a um sacerdote que se torna pai espiritual de uma comunidade. Frei vem do termo frater que quer dizer irmão. É membro de uma ordem ou congregação religiosa, ou seja, de homens que vivem a mesma regra, ideal e carisma em um convento.


A ordenação sacerdotal é opção pessoal dos freis que sente-se chamados a este ministério, por isso há freis que são padres e freis que não são padres, mas que com sua vivência religiosa são sinais e luz de Deus no mundo. Sendo assim, existem freis padres que são chamados de freis por que vivem a vida religiosa em um convento, mas ao mesmo tempo atendem espiritualmente uma comunidade e padres seculares ou diocesanos que vivem sua espiritualidade secular. Ambos no entanto, exercem o mesmo grau de sacerdócio.